País

Proposta de “gratuitidade geral” das creches volta a ser chumbada

A proposta do PCP para garantir o alargamento da gratuitidade das creches a todas as crianças, independentemente dos escalões, voltou esta quinta-feira a ser chumbada. O PS, PSD e Iniciativa Liberal votaram contra a medida. Quando apresentou o Orçamento de Estado para 2022, António Costa prometeu a “gratuitidade geral das creches”. Com a queda do Governo, o partido deixou cair também a medida, após o PCP não ter votado a favor do OE 2022.

A proposta de “gratuitidade geral” das creches, a começar pelas crianças do primeiro ano, restringiu-se às creches com “acordos de cooperação” com a Segurança Social, com uma taxa de cobertura nacional muito longe dos 100%. Assim, ficam de fora as crianças que, por falta de vagas nas creches com acordo, vão para o privado ou para as vagas que não são comparticipadas pelo Estado.

Partihar

NO AR
91.4 FM
COM IRIS FM

%d bloggers like this: