IRIS FM
91.4 FM
Mundo

Espanha apresenta medidas “drásticas” contra o coronavírus; mulher do primeiro-ministro espanhol infectada

A mulher do primeiro-ministro espanhol está infetada como novo coronavírus, indicaram fontes do Governo de Espanha, que asseguraram que tanto ela como o marido, Pedro Sánchez, se encontram bem. Ambos se mantêm no Palácio da Moncloa e seguem as medidas de prevenção estabelecidas pelas autoridades sanitárias. O resultado positivo da mulher de Sáchez foi detetado na sequência de testes realizados nas últimas horas às pessoas mais próximas do chefe do Governo.

Para combater a epidemia, o Governo espanhol aprovou medidas “drásticas”, que incluem a proibição a todos os cidadãos de andar na rua, a não ser que seja para irem trabalhar, comprar comida ou à farmácia. O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, apresentou as medidas depois de uma reunião do Conselho de Ministros, no quadro do estado de alerta decretado durante quinze dias no país, o segundo mais afetado na Europa. O chefe do Governo espanhol assegurou que as medidas para enfrentar o novo coronavírus “são drásticas e terão consequências”, garantindo que ao executivo não irá “tremer a mão na luta contra o vírus”.