IRIS FM
91.4 FM
Mundo

​Primeiro lote de jovens de Hong Kong é recomendado para trabalhar na ONU

O Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Hong Kong anunciou hoje (23) que o primeiro lote de cinco jovens de Hong Kong foi recomendado para trabalhar na ONU a partir do ano de 2020.

Xie Feng, diplomata chefe do Comissariado, disse na cerimônia que o envio de cinco jovens de Hong Kong para trabalhar na ONU é um pequeno passo na carreira profissional pessoal, mas é um grande avanço da participação de jovens de Hong Kong na diplomacia do país e governança global. O diplomata acrescentou que o fato é uma prova da solidariedade atribuída pelo governo central aos jovens de Hong Kong, e do benefício do princípio de “Um País, Dois Sistemas”.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Gabriela Nascimento