País Política

PSD opõe-se ao relatório e apresenta as próprias conclusões por escrito – TAP

O PSD opõe-se ao relatório da comissão parlamentar de inquérito sobre a TAP, refutando a conclusão de que não houve ingerência política na empresa, e apresenta as suas próprias conclusões por escrito. 

Estas decisões do PSD foram anunciadas pelo deputado social-democrata Paulo Moniz, depois da conferência de imprensa de apresentação da versão preliminar do relatório, da autoria da deputada do PS Ana Paula Bernardo. 

O PS foi acusado pelo Paulo Moniz de não ter resistido à tentação de fazer um documento “à medida” de forma que não haja conclusões políticas a tirar desta comissão parlamentar de inquérito por parte do primeiro-ministro, António Costa. 

Para além de contestar a conclusão de que não houve ingerência política na TAP, alegando que a ingerência “foi patente”. O PSD critica o relatório por não analisar o recurso aos serviços secretos para a recuperação do computador levado do Ministério das infraestruturas por Frederico Pinheiro, ex-adjunto do ministro João Galamba. 

“Tudo isto são razões bastas para que o PSD vote contra este relatório”, garantiu o deputado social-democrata, acrescentando que o seu partido irá apresentar por escrito “as suas conclusões” da Comissão Parlamentar de Inquérito à Tutela Política da Gestão da TAP. 

Partihar

NO AR
91.4 FM
COM IRIS FM

%d bloggers like this: