IRIS FM
91.4 FM
Mundo

Meio milhão de tubarões poderão ser mortos devido à vacina da Covid-19

500 mil de tubarões poderão ser mortos para o fabrico de vacinas contra a Covid-19.

Os tubarões produzem um óleo no fígado, conhecido como esqualeno, que está a ser utilizado no desenvolvimento de muitas das vacinas que estão a ser criadas para combater o coronavírus.

O esqualeno já é uma substância a que a medicina e a estética recorre há algum tempo, sendo que no caso de uma vacina contra vírus, este ingrediente é especialmente utilizado pois aumenta a eficácia do tratamento.

Para se obter uma tonelada de esqualeno são necessários três mil tubarões e para toda a população mundial receber uma dose da vacina contra a Covid-19 será necessário matar cerca de 250 mil destes animais marinhos. Para duas doses, serão necessários meio milhão de tubarões e assim consequentemente.

Para garantir que os tubarões não se tornam numa espécie em vias de extinção devido a esta vacina, cientistas estão a testar uma alternativa ao esqualeno, uma versão sintética feita através de uma fermentação da cana de açúcar. Contudo, ainda não há uma solução.

Atualmente, estima-se que três milhões de tubarões sejam mortos todos os anos devido ao esqualeno.

Posto isto, peritos mostram-se preocupados com o aumento da procura do oléo do fígado dos tubarões e teme que a necessidade de esqualeno leve à extinção de algumas espécies destes animais marinhos, cujo algumas já estão em risco de desaparecer.