IRIS FM
91.4 FM
Mundo

Segundo presidente do CMG, algumas imprensas ocidentais fazem reportagens parciais sobre Hong Kong

Na recém entrevista concedida à TV italiana, TGCOM24, o presidente do Grupo de Mídia da China (CMG, na sigla em inglês), Shen Haixiong, disse que alguns veículos de imprensas dos países ocidentais fizeram reportagens parciais sobre a situação de Hong Kong.

Segundo Shen Haixiong, alguns repórteres ocidentais não filmaram as imagens nas quais jovens radicais atacaram policiais e civis inocentes, mostrando somente as que a polícia tentava controlar os bandidos e dizendo que a polícia de Hong Kong agrediu estudantes. Shen Haixiong enfatizou que Hong Kong é uma sociedade com direitos civis, por isso, não é possível que a polícia ataque estudantes sem razão alguma. “Esta situação ocorreu porque estes jovens violaram a lei”, acrescentou Shen.

O presidente do CMG disse ainda que o PIB de Shenzhen, cidade vizinha, já ultrapassou o de Hong Kong. Isso demonstrou a superioridade do socialismo com características chinesas. Ele sublinhou que o problema em Hong Kong faz com que os chineses no interior estimem mais ainda o sistema socialista e o bom ambiente de desenvolvimento e tenham uma união mais forte.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Erasto Santos Cruz