País

Mais de 50 pessoas foram detidas este ano pela GNR pelo crime de incêndio florestal

Bombeiro combate uma das frentes do incêndio na freguesia de Ribeiro de Figueiredo, no concelho de Sertã, Castelo Branco, 26 de julho de 2020. Segundo a Proteção Civil no terreno estão 717 operacionais apoiados por 218 veículos e 14 meios aéreos. PAULO CUNHA /LUSA

Mais de 50 pessoas foram detidas este ano pela GNR pelo crime de incêndio florestal, mais 20 do que em igual período de 2021, revelou o ministro da Administração Interna. José Luís Carneiro deu também conta que este ano estão identificados mais de 500 suspeitos por atitudes dolosas em relação à floresta, enquanto em 2021 estavam identificados cerca de 300.

Segundo o governante, a GNR realizou este ano mais de 4.000 ações de sensibilização para a limpeza de terrenos e sobre cuidados a ter nas florestas e sinalizou 11 mil situações de incumprimento, enquanto a PSP realizou 4.369 ações de fiscalização e vigilância.

Partihar

NO AR
91.4 FM
COM IRIS FM

%d bloggers like this: