IRIS FM
91.4 FM
Destaques País

Um terço de vagas para médicos de família por preencher

Um terço das vagas de um concurso que pretendia contratar 459 médicos de medicina geral e familiar ficou por preencher, o que para o secretário de Estado Adjunto e da Saúde é “motivo de preocupação”. “Estas 459 vagas tiveram uma adesão na ordem dos 63 a 65%, o que significa que, ainda assim, um terço das vagas ficou por preencher, o que é para nós, obviamente, um motivo de preocupação e de reflexão, de criar cada vez mais motivos de atratividade”, afirmou hoje António Lacerda Sales. Em declarações aos jornalistas em Lousada, no distrito do Porto, onde inaugurou as novas instalações da extensão de saúde de Lustosa, o governante disse que aquelas vagas ocorreram no âmbito do maior concurso de sempre lançado pela tutela para a contratação de pessoal médico, que incluiu, ainda, 1041 vagas para os cuidados hospitalares e 32 para saúde pública. “Em 2015, estávamos como 1,3 milhões de pessoas sem médico de família. Depois, já no meio do ano de 2020, estávamos com cerca de 750 mil pessoas. Agora, reconhecidamente, piorámos cerca de 200 mil pessoas e estamos com cerca de 950 mil pessoas, mais um menos, sem médico de família. Por isso, temos de fazer um esforço ao nível os cuidados de saúde primários para melhorarmos esta cobertura”, disse.

METEOROLOGIA

ESTÁ A OUVIR
91.4 FM
COM IRIS FM

Atualização Diária COVID-19