IRIS FM
91.4 FM
Sociedade

Portugal regista 10 mortos e 1.278 casos confirmados de Covid-19

Portugal ultrapassou, esta quinta-feira, os mil casos diários de Covid-19.

De acordo com os dados revelados pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas últimas 24 horas, foram reportados 10 óbitos e 1.278 infetados em todo o território nacional.

Com esta atualizaçãoPortugal passa a somar, no total, 2.050 óbitos e 82.534 contágios do novo coronavírus, desde o início da pandemia.

Em comparação com os dados de ontem, verifica-se um aumento do número de casos diários de 1,57% e do de vítimas mortais de 0,49%. No que diz respeito aos mortos reportados hoje, cinco residiam na região Norte do país, dois no Centro e três na zona de Lisboa e Vale do Tejo (LVT).

Neste momento, há pelo menos 28.967 casos ativos no país, mais 788 do que na véspera. Quanto ao número de recuperados, mais 480 doentes com o novo vírus foram hoje dados como curados, elevando o número total para 51.517.

Ainda segundo o boletim epidemiológico, 801 pacientes estão internados devido à Covid-19 (mais 37 do que na quarta-feira), sendo que, destes, 115 encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos (mais 11 do que ontem). 

Por regiões, LVT continua a ser a zona do país com mais casos de Covid-19, somando, neste momento, 41.707 infetados (mais 482) e 814 vítimas mortais (mais três). Segue-se o Norte, com 30.111 contágios (mais 642) e 905 mortos (mais cinco). Já a região do Centro conta com 6.662 casos confirmados (mais 101) e 271 vítimas mortais (mais duas). O Alentejo permanece a zona menos assolada de Portugal Continental pela pandemia, registando 1.604 infetados (mais nove) e 25 óbitos (sem mortos a registar). O Algarve já soma 1.892 contágios (mais 30) e 20 vítimas mortais (sem mortos a registar).

Nas regiões autónomas, os Açores reportou, até hoje, 291 casos confirmados (mais quatro) e 15 óbitos  (sem mortos a registar). Já a Madeira registou 267 infetados (mais 10) e, até ao momento, não foi reportada nenhuma morte devido ao novo vírus, desde o início da pandemia.