IRIS FM
91.4 FM
País

Nove escolas públicas de Lisboa disponíveis para receber filhos de funcionários de serviços públicos essenciais

Nove escolas públicas de Lisboa vão estar disponíveis para receber filhos de funcionários de serviços públicos essenciais, apesar das atividades letivas estarem suspensas a partir de segunda-feira devido à pandemia de Covid-19, anunciou a câmara. Os estabelecimentos de ensino disponíveis para acolherem estes alunos são: Escola Básica de São Vicente (Telheiras), Escola Secundária Gil Vicente, Escola Básica Mestre Arnaldo Louro de Almeida, Escola Básica Patrício Prazeres, Escola Secundária do Lumiar, Escola Secundária do Restelo, Escola Básica Leão de Arroios, Escola Básica Nuno Gonçalves e Escola Básica Paulino Montez.

O vereador da Educação e dos Direitos Sociais, Manuel Grilo, explicou que, tendo em conta que nem todos os agrupamentos escolares contarão com escolas abertas, os alunos podem aceder a qualquer um destes nove estabelecimentos. Manuel Grilo referiu também que “as escolas estão a organizar a forma de receber os alunos, de forma produtiva”, agrupados por ciclos de ensino e com um horário a combinar em função das necessidades dos encarregados de educação. O autarca garantiu ainda que as restrições impostas pelas autoridades de saúde serão cumpridas e que os alunos serão devidamente “separados quando estiverem em sala de aula”.