IRIS FM
91.4 FM
Economia País

Empresas que convertam contratos a prazo em permanentes podem ter apoio do Governo

As empresas que convertam contratos a prazo em permanentes vão ter direito a um apoio de até 3.050,32 euros por trabalhador, desde que cumpram alguns requisitos, segundo uma portaria do Governo. De acordo com a portaria, têm direito ao apoio as empresas que convertam contratos de trabalho a prazo em contratos permanentes após a entrada em vigor da medida.

As candidaturas ao apoio, designado de medida Converte+, vão abrir ainda este mês e devem decorrer até ao final do ano, com uma dotação de 30 milhões de euros, que pode ser reforçada caso haja uma procura elevada por parte das empresas. O apoio financeiro tem valor equivalente a quatro vezes a remuneração base mensal prevista no contrato de trabalho sem termo até um limite de sete vezes o valor do Indexante dos Apoios Sociais.