IRIS FM
91.4 FM
Economia

Famílias já investiram este ano 400 milhões em certificados de aforro

As famílias investiram este ano, até meados de junho, 400 milhões de euros em certificados de aforro, revelou hoje aos deputados a presidente do IGCP – Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública.

Cristina Casalinho, que falava numa audição na Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa (COFMA), disse ainda que este número mostra uma melhoria em relação ao estimado no Orçamento de Estado para este ano, quando se previu um impacto nulo, entre os certificados reembolsados de forma automática (por término do prazo) e novos certificados, com uma taxa de reinvestimento prevista da ordem dos 30%.

A presidente do IGCP destacou ainda perante os deputados o facto de bancos e gestores de fundos terem voltado ao mercado português em finais de 2017 e, em termos geográficos, “um maior interesse” dos investidores britânicos, italianos, asiáticos e do centro da Europa, desde meados de 2017.

Cristina Casalinho reafirmou ainda aos deputados a possibilidade de Portugal reembolsar antecipadamente os credores europeus da ‘troika’, tal como o ministro das Finanças já tinha anunciado.