IRIS FM
91.4 FM

Há manhãs assim…

Sinopse do programa:
“Há Manhãs Assim…”

Para entender o conteúdo “Há Manhãs Assim…”, é preciso situá-lo no contexto de vida do vastíssimo auditório da IRIS FM, ocupando na grelha de programação, três horas diárias: 7h/10h.

No decorrer do programa, o ouvinte tem a palavra, participando nas mais diversas rubricas, as empresas divulgam marcas e bens, a musica variada procura ir ao encontro do gosto de quem está ligado a nós – quer através de rádio ou internet, e os assuntos abordados nestes 180 minutos de emissão são variados.

Parte-se da hipótese que a dinâmica do programa colabora para a resistência de um formato mais popular na rádio, o género de programa e de auditório, em sua concepção tradicional.

Através do “Há Manhãs Assim…”, as pessoas entendem as suas próprias vidas, marcam as passagens do tempo e vivem num espaço sem lugar.

Reportamo-nos ao ambiente do lar, local de trabalho e até numa curta ou longa viagem na nossa sintonia.
É neste espaço de relações estreitas e de proximidade, que se manifesta a expressividade da cultura da rádio através do “Há Manhãs Assim…”.

Além de companheiro, o referido programa entretém, educa, informa…

Pela importância que a rádio assume no meio social, levamos em conta a linguagem e seus meandros. Ela é o grande trunfo para que o meio seduza e cative os seus ouvintes. A rádio fala e, para receber a mensagem, é apenas necessário ouvir.

Apesar da comunicação na rádio ser limitada, por contar apenas com o som, requerendo uma compensação na linguagem nela empregada; em contrapartida, este programa leva a vantagem de estar em toda a parte.

Esse alcance impõe um compromisso cultural, num sentido amplo, e promove a valorização da nossa língua de modo particular.

A linguagem, no programa, é “quente”, acolhedora, entusiasmada. Nada formal. A rádio está sempre no presente e é imediatista.

Envolve emocionalmente. Cria intimidade, portanto, dirijimo-nos aos ouvintes de forma directa.

São várias as vertentes encontradas neste espaço de programa: Género educativo-cultural e Género de entretenimento.

Podemos considerar, que este, é um programa “musical” quando, claramente, a maior parte do espaço é ocupado por música, incluindo locução, informação e entretenimento. Este programa está centrado na figura do apresentador: uma pessoa descontraída, com carisma, perspicácia e emotividade.

Em termos de produção, a programação divide-se entre música, prestação de serviço de carácter básico, notícias sobre artistas e personalidades, passatempos, entrevistas em estúdio e via telefone… tudo com a participação directa e permanente dos ouvintes.

Pelas próprias características do programa – agilidade, instantaneidade -, o improviso preenche o programa.

A função do radialista é muito importante dentro deste esquema.

Durante a semana, o mesmo, ocupa as manhãs nos mais diversos locais, tratando de assuntos o mais diversificados possível.