Iris FM: Início / Sociedade / Greve de enfermeiros a 9 e 10 de Julho
Destaques País Regional Saúde Sociedade

Greve de enfermeiros a 9 e 10 de Julho

Os enfermeiros da hospitalização privada exigem a revisão do Contrato Coletivo de Trabalho tendo por base a proposta com eles construída e apresentada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

A Associação Portuguesa da Hospitalização Privada e os grupos privados da saúde, associados, CUF, Lusíadas, Luz, Trofa, Sanfil, etc., continuam a protelar.

É exigência dos enfermeiros: horários regulados às 35 horas semanais, aumento dos salários e restantes remunerações, a compensação pelo trabalho por turnos e o aumento dos valores das horas penosas, no período noturno e aos fins-de-semana.

Os enfermeiros exigem justas valorizações remuneratórias e não aceitam os horários longos e desregulados dependente da necessidade de produção daquelas instituições.

Convocada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, a paralisação vai decorrer nos turnos da manhã e da tarde, entre as 08:00 e as 24:00, abrangendo os centros de saúde das Unidades Locais de Saúde de Amadora/Sintra, Estuário do Tejo, Loures-Odivelas, Santa Maria, São José e Lisboa Ocidental.