Regional

PSD Benavente acredita em vitória nas eleições em 2025

A Sessão Pública do PSD, no dia 17 de novembro, no Palácio do Infantado, em Samora Correia, contou com a presença da 1ª eleita pelo PSD à Câmara de Benavente, Sónia Ferreira; do Presidente do PSD da Distrital de Santarém, João Moura; do Presidente de Concelhia e Vereador, Luís Feitor e contou também com a presença do Coordenador Nacional das Eleições Autárquicas, Pedro Alves.

A abertura foi feita pelo Coordenador Autárquico do Município de Benavente, Ricardo Oliveira, que fez um balanço positivo das conquistas sociais-democratas, deste primeiro ano de mandato.

O Partido Social Democrata conseguiu retirar a maioria absoluta do partido comunista nos órgãos em que regem. Para as freguesias de Santo Estevão e Benavente, quem queriam como Presidente da Câmara era Sónia Ferreira, mas sendo que Samora Correia tem mais peso a nível populacional, os eleitores Samorenses deram apenas 948 votos ao partido liderado por Sónia Ferreira, tendo ficado em terceiro lugar, enquanto 2231 pessoas votaram no Partido Comunista.

João Moura diz que a equipa liderada por Sónia Ferreira tem todas as condições para vencer as próximas eleições.

O Presidente do PSD da distrital de Santarém, João Moura, refere ainda que a oposição em Benavente é a única que convoca a população para os ouvir. Sendo Presidente da Assembleia de Ourém – local liderado pelos sociais-democratas – tem como exemplo o que fazem, estando no poder chamam a população para ouvir as ideias e desagrados da liderança.

João Moura diz que Samora Correia não votou no PCP ou PS nem castigou o PSD, simplesmente que Samora Correia não votou, porque houve uma taxa de abstenção de 60%. O PSD quer mudar isso.

A intervenção esperada de Sónia Ferreira – que ao longo das intervenções foram proferidos comentários elogiosos, incluído de que “as mulheres não precisam de preencher quotas, para sobressair”- começou por dizer que fizeram história e que principalmente tudo o que conquistaram era também uma conquista para a população.

A 1ª eleita, Sónia Ferreira, teceu duras críticas ao partido comunista e socialista pela “gerigonça invertida”- referente à gerigonça criada pelo partido socialista com a ajuda do bloco de esquerda e PCP, no governo. Diz que é “PS a ser PS” que preferiu tratar de si primeiro, já que o partido socialista na campanha eleitoral em 2021 era uma forte oposição e ao unir-se ao PCP – criando uma maioria absoluta-, agora chumba as propostas que tinham na campanha.

Sónia Ferreira considera que o Presidente da Câmara de Benavente, Carlos Coutinho, foge de certas decisões, como por exemplo a questão do aeroporto no Campo de Tiro, situado na freguesia de Samora Correia, em que muitos outros Presidentes de Câmara falam ao público sobre as suas posições, ao contrário de Carlos Coutinho.

À governação do Partido Comunista, Sónia Ferreira deixa ainda críticas ao estado que estão a deixar o Município de Benavente, sem espaços verdes, sem rios navegáveis, principalmente um município sem condições de saúde, sociais, educativas.

Pedro Alves diz que a política, tem de ser uma política de proximidade e uma das chaves para isso é “saber ouvir.”


Pelas intervenções dos sociais-democratas, Sónia Ferreira e a sua equipa renovam o voto de confiança dado e acreditam que as eleições de 2025 serão melhores para o PSD.

Partihar

JOÃO PEDRO PAIS UMA QUESTÃO DE FÉ

JOÃO PEDRO PAIS - UMA QUESTÃO DE FÉ
A CARREGAR
UMA QUESTÃO DE FÉ

JOÃO PEDRO PAIS

TARDES IRIS FM Miguel Santos

ÚLTIMAS MÚSICAS

JOÃO PEDRO PAIS - UMA QUESTÃO DE FÉ
UMA QUESTÃO DE FÉ JOÃO PEDRO PAIS
16:10
NEIKED, ANNE-MARIE, LATTO - I JUST CALLED
I JUST CALLED NEIKED, ANNE-MARIE, LATTO
16:04
MATIAS DAMASIO - MINHA PESSOA
MINHA PESSOA MATIAS DAMASIO
15:54
JOHN LENNON - WOMAN
WOMAN JOHN LENNON
15:51
MERLIM - OUVI DIZER
OUVI DIZER MERLIM
15:47
NENA - PORTAS DO SOL
PORTAS DO SOL NENA
15:44
COLDPLAY - HIGHER POWER
HIGHER POWER COLDPLAY
15:40