Sociedade

Reclamações relacionadas com burlas em lojas das redes sociais não param de aumentar

As reclamações relacionadas com burlas em lojas das redes sociais não param de aumentar. Entre janeiro e maio deste ano, o número de queixas disparou 654% face a 2021, revela uma análise do Portal da Queixa. Entre as redes sociais com maior número de reclamações estão o Facebook (60%) e o Instagram (29%).

Encomendas que não chegam, dificuldade de contacto com os vendedores e lojas que deixam mesmo de existir, são os principais motivos denunciados nas queixas. Segundo alerta o Portal da Queixa, a falta de literacia digital dos consumidores propicia grande parte dos casos de burla online.

Partihar

NUNO GUERREIRO IR EM CANTIGAS

NUNO GUERREIRO - IR EM CANTIGAS
A CARREGAR
IR EM CANTIGAS

NUNO GUERREIRO

RAIZES LUSITANAS IRIS FM

ÚLTIMAS MÚSICAS

NUNO GUERREIRO - IR EM CANTIGAS
IR EM CANTIGAS NUNO GUERREIRO
21:52
ANA GOMES - CA DENTRO
CA DENTRO ANA GOMES
21:49
VADO MKA - SEGREDOS
SEGREDOS VADO MKA
21:45
RICARDO VELHO - BONITA
BONITA RICARDO VELHO
21:42
PEDRO FLORES - SAGITÁRIO
SAGITÁRIO PEDRO FLORES
21:39
TÁBUA RASA - CASA AO CONTRÁRIO
CASA AO CONTRÁRIO TÁBUA RASA
21:35
TAINÁ - PEITO DIVIDIDO
PEITO DIVIDIDO TAINÁ
21:32