Sociedade

72% dos portugueses estão a conter os gastos devido à subida generalizada de preços

O novo estudo do Observador Cetelem – Consumo em tempos de inflação 2022, concluiu que, face à situação económica atual, 72% dos portugueses estão a conter os gastos devido à subida generalizada de preços. Ainda neste sentido, o estudo revela que 6 em cada 10 portugueses acreditam que as despesas irão aumentar nos próximos dos 12 meses. Por outro lado, 31% tencionam aumentar as poupanças. Face ao inquérito realizado em novembro de 2021, aparenta existir uma inversão da tendência, uma vez que nessa altura 59% pensavam aumentar as suas poupanças nos 12 meses seguintes.

No que respeita às possibilidades dos portugueses atualmente, 35% revelam que querem gastar, mas a maioria destes (26%) diz não ter atualmente os meios para o fazer. Por outro lado, 55% não querem gastar, apesar de 33% terem possibilidades de o fazer.  Ainda de acordo com o estudo, 6 em cada 10 portugueses (59%) declaram ter dificuldades no pagamento das despesas mensais fixas, sendo este valor o mais elevado dos últimos dois anos – era de 34% em junho de 2020; e de 42% em abril de 2021.

Partihar

TANITA TIKARAM TWIST IN MY SOBRIETY

TANITA TIKARAM - TWIST IN MY SOBRIETY
A CARREGAR
TWIST IN MY SOBRIETY

TANITA TIKARAM

AMIGOS DA NOITE IRIS FM

ÚLTIMAS MÚSICAS

TANITA TIKARAM - TWIST IN MY SOBRIETY
TWIST IN MY SOBRIETY TANITA TIKARAM
01:47
FISCHER Z - SO LONG
SO LONG FISCHER Z
01:42
JORGE E MATEUS - DEIXAR VOAR
DEIXAR VOAR JORGE E MATEUS
01:39
BRUNO E MARRONE - OS HOMENS NAO DEVEM CHORAR
OS HOMENS NAO DEVEM CHORAR BRUNO E MARRONE
01:35
EROS RAMAZZOTTI - FUOCO NEL FUOCO
FUOCO NEL FUOCO EROS RAMAZZOTTI
01:31
JOSH ROUSE - THE WESTERN ISLES
THE WESTERN ISLES JOSH ROUSE
01:28
ABBA - DOES YOUR MOTHER KNOW
DOES YOUR MOTHER KNOW ABBA
01:25