Iris FM Início » Mais de um terço dos refugiados ucranianos acolhidos em Portugal são crianças
País

Mais de um terço dos refugiados ucranianos acolhidos em Portugal são crianças

Cinquenta e nove por cento dos mais de dez mil ucranianos que chegaram a Portugal, devido à invasão da Ucrânia pela Rússia, são mulheres, disse esta quarta-feira a secretária de Estado para a Integração e as Migrações. Os homens que chegaram são, em maioria, crianças ou idosos, dado que os jovens e adultos ficaram no país a lutar. Cláudia Pereira adiantou ainda que mais de um terço dos ucranianos até agora acolhidos no país são crianças dos 0 aos 13 anos. A governante referiu que, em traços gerais, o perfil de quem chega da Ucrânia a Portugal é uma “mãe com duas crianças”. No que diz respeito a distribuição geográfica, Cláudia Pereira referiu que todos os municípios estão a receber ucranianos, destacando-se os distritos de Lisboa, Setúbal, Faro, Porto e Leiria. A secretária de Estado vincou que Portugal acolherá os que forem necessários, não estabelecendo nenhum número máximo.
Também os estudantes que vêm da Ucrânia têm estatuto de estudante de emergência por razões humanitárias, podendo candidatar-se às universidades num concurso especial onde lhes é facilitada a equivalência do grau anterior e simplificado os procedimentos relacionados com as residências, cantinas ou apoios sociais. “Mas, ainda são poucos, o que se compreende, porque a maior parte ficou na Ucrânia a lutar no país”, disse ainda a governante.

Partihar

NO AR
91.4 FM
COM IRIS FM