Regional

Assembleia da Póvoa/Forte rejeita Câmaras de Vigilância na freguesia

A  Assembleia de Freguesia da Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa chumbou, na última reunião, a moção apresentada pelo Chega e que pretendia elaborar um estudo sobre as áreas onde devem ser instaladas câmaras de videovigilância. O Chega considera que “nos últimos tempos, tem havido um aumento generalizado da perceção de insegurança por parte das populações na União das Freguesias” e por isso entende que o estudo deve ser elaborado em conjunto com a PSP. De acordo com o partido as câmaras podem contribuir para a prevenção da prática de crimes. “Actualmente, já existem câmaras de videovigilância em Vila Franca de Xira, no passeio Ribeirinho, mas a Uniao de Freguesias da Póvoa e Forte da Casa, que é a mais populosa de todo o concelho, nao tem qualquer sistema implementado no espaco público, informacao confirmada pela Presidente da Junta de Freguesia, que referiu que nao pretende diligenciar para instalar as mesmas e que nao existe essa necessidade actualmente”.

A moção foi rejeitada com os votos contra do Partido Socialista, Bloco de Esquerda e CDU e abstenção da bancada do PSD. Já o movimento independente AIPMF votou a favor da proposta.

Partihar

NO AR
91.4 FM
COM IRIS FM

%d bloggers like this: