Mundo

Mais de 300 moçambicanos deportados pela África do Sul

Foi entre o dia  6 e 12 de novembro, que 317 moçambicanos foram deportados pela África do Sul, sendo a principal causa a imigração ilegal, anunciou o Serviço Nacional de Migração (Senami) de Moçambique.

Do total, 296 foram deportados por imigração ilegal, 17 por roubo, dois por agressão física e os restantes dois por tráfico de drogas, disse Celestino Matsinhe, porta-voz do Senami, durante uma conferência de imprensa, na quinta-feira, para atualização dos dados semanais. Dos 317 deportados, 309 são homem e oito são mulheres.

Segundo a noticia avançada pela agência LUSA, o porta-voz do Senami referiu ainda que a imigração ilegal está entre as principais causas de deportação de moçambicanos, apelando para que estes cumpram as formalidades migratórias.

Para fugir dos altos índices de pobreza em Moçambique, a população, principalmente a mais jovem das zonas rurais do sul do país, emigra ilegalmente para a África do Sul, à procura de melhores condições de vida no país vizinho, que é uma das economias mais avançadas do continente.

Partihar

Uma Rádio Uma Região

Uma Rádio - Uma Região
A CARREGAR
Uma Região

Uma Rádio

ESPAÇO ABERTO Carlos Alberto Alves

ÚLTIMAS MÚSICAS

MANUELA BRAVO - KANIMAMBO
KANIMAMBO MANUELA BRAVO
11:39
DARIO - SE NAO ME QUERES MAIS
SE NAO ME QUERES MAIS DARIO
11:35
CARLOS SANTOS -  AMANTE E AMIGO
AMANTE E AMIGO CARLOS SANTOS
11:31
EDUARDO SANTANA - COMIDINHA DE PRIMEIRA
COMIDINHA DE PRIMEIRA EDUARDO SANTANA
11:26
TAYTI - SURURU SURURU
SURURU SURURU TAYTI
11:23
EMANUEL - SAO AS MULHERES
SAO AS MULHERES EMANUEL
11:21
LEANDRO - FICA MAIS UM POUCO
FICA MAIS UM POUCO LEANDRO
11:17