IRIS FM
91.4 FM
Sociedade

Uma em cada 10 mil pessoas vacinadas acaba por contrair infeção

Em Portugal, uma em cada dez mil pessoas com a vacinação completa acaba por contrair infeção pelo novo coronavírus, adiantou o vice-almirante Gouveia e Melo, este domingo, à RTP. “Em termos médios é um em dez mil. Portanto, em cada dez mil pessoas vacinadas, uma fica positiva”, disse. As autoridades têm insistido que a vacinação contra a Covid-19 não é garantia absoluta de não infeção e têm, por isso, apelado à manutenção das regras de segurança e higiene. O coordenador da task force da vacinação afirmou que o país está numa “corrida contra o tempo” para aumentar o número de vacinados e travar os contágios, apontando que em setembro 70% da população já tenha a vacinação completa.  Gouveia e Melo adiantou que Portugal irá atingir “os 85% das primeiras inoculações na segunda ou terceira semana de setembro”, altura em que será também atingido os 70% da população com o esquema vacinal completo. Em causa, está a batalha contra a variante Delta, que é prevalente em Portugal, sendo nesta altura o desafio vacinar 100 a 120 mil pessoas por dia. Sobre os riscos acarreta este ritmo de vacinação, disse que “o primeiro risco é que os sistemas de agendamento, seja o agendamento online centralizado seja o agendamento local e a ‘casa aberta’, vão ser postos ao rubro”. As consequências serão mais filas, mas Gouveia e Melo espera que não ultrapassem uma hora e que não seja generalizado

METEOROLOGIA

ESTÁ A OUVIR
91.4 FM
COM IRIS FM

Atualização Diária COVID-19