IRIS FM
91.4 FM
Regional

Todo o município de Benavente abrangido por iluminação LED

Última luminária colocada. Todo o município abrangido por iluminação LED.

intervenção nos sistemas de iluminação pública no município de Benavente está concluído. Assinalou-se esta manhã ,como ato simbólico, a colocação da última luminária em LED. O  parque de IP do Município de Benavente é constituído por um total de 9626 pontos luz, distribuídos pelos 211 Postos de Transformação (PT) disseminados pelas quatro freguesias que constituem o concelho. Todos estes pontos de luz foram substituídos por LED, permitindo mais poupança e menos emissão de CO2. Um investimento de cerca de 1 milhão de euros, com candidatura ao ALENTEJO-2020.

Este projeto representou um investimento de 456 mil euros e para o qual foi aprovada uma candidatura ao ALENTEJO 2020, que originou um financiamento reembolsável (FEDER) de 95%,

As despesas com a iluminação pública acarretam um custo elevado nas despesas correntes dos Municípios, uma vez que são responsáveis por 3% do consumo energético em Portugal e cuja tendência aponta para um aumento (cerca de 4% a 5% por ano) e não uma diminuição. Com base nestes pressupostos, importou definir um conjunto de medidas que permitissem a implementação de soluções direcionadas, por um lado, para a redução significativa do peso destas despesas municipais, e por outro, para a melhoria da eficiência energética no parque de iluminação sem que tal comprometesse a segurança, o conforto ótico e a qualidade de vida nos espaços públicos.

 Esta manhã decorreu uma reunião com a EDP (e-redes distribuição) com a Câmara Municipal de Benavente e Juntas de Freguesia do Município, onde foi abordada a qualidade da energia fornecida no nosso município, bem como os impactos que a nova subestação de Benavente está a ter positivamente na melhoria qualidade do serviço que é prestado. A subestação esta concluída e em funcionamento e todos vamos sentir uma melhoria significativa na qualidade da energia que recebemos nas nossas casas e nas empresas. Esta foi uma reivindicação da Câmara Municipal de há muitos anos e, finalmente, o projeto foi concluído.

Foram abordadas algumas intervenções que estão a acontecer em redes que são estratégicas e que também têm como objetivo melhorar a qualidade da energia que é disponibilizada.

Um dos pontos igualmente focados foi o agilizar, aqui, condições para que os Presidentes de Junta de Freguesia possam ter uma interação com a EDP (e-redes Distribuição) mais próxima, nomeadamente, no que diz respeito às avarias na rede de iluminação publica e também no que são as situações de eventuais cortes de energia, dispondo de ferramentas de mais proximidade, com contacto direto com os responsáveis das diferentes áreas. Este pode ser um bom contributo para que a “e-redes” possa responder de forma mais célere, diminuindo assim o tempo de espera.

Foi lançado um desafio à Câmara Municipal e responsáveis por esta área, às Juntas de Freguesia, aos parceiros das Associações de Moradores, e Associação de Proprietários, no sentido de fazerem um registo dos micro cortes, das falhas de energia, para a construção de uma base de dados com essas ocorrências. Com o diálogo de proximidade com a “e-redes” possibilita ir ao encontro do que causa essas falhas, sabemos que, muitas delas se devem aos ninhos das cegonhas, que provocam muitas interferências nas redes, sendo que, alguns desses estragos não são registados no sistema.

METEOROLOGIA

ESTÁ A OUVIR
91.4 FM
COM IRIS FM

Atualização Diária COVID-19