IRIS FM
91.4 FM
Regional

Faleceu esta segunda-feira o fundador do Rancho “Os Camponeses” de Riachos

Joaquim Lopes Santana, dirigente e fundador do Rancho Folclórico «Os Camponeses» de Riachos faleceu esta segunda-feira aos 86 anos.

“Nunca iremos esquecer tudo o que nos ensinou, bem como a grande obra que deixou. Com ele aprendemos a dar os primeiros passos e também foi ele que nos ensinou a caminhar sozinhos! Sabemos que o melhor presente que lhe poderíamos dar era continuar a sua obra, com todo o rigor e autenticidade que sempre defendeu, e é precisamente isso que iremos continuar a fazer. O nosso CHEFE estará sempre no nosso coração e será sempre a nossa referência!”, pode ler-se na página de Facebook do Rancho.

A Câmara de Torres Novas também já manifestou o seu pesar pelo falecimento de Joaquim Santana, estando a bandeira do município de Torres Novas a meia haste.

“O Município de Torres Novas manifesta o seu pesar pelo falecimento de Joaquim Lopes Santana, dirigente e fundador do Rancho Folclórico «Os Camponeses» de Riachos, ao qual dedicou quase toda a sua vida. Por este motivo, a bandeira do município de Torres Novas encontra-se hoje a meia haste, por indicação do presidente da Câmara, Pedro Ferreira”.

Joaquim Santana nasceu em Riachos a 27 de setembro de 1934, tendo o seu percurso sido devotado à cultura riachense, com destaque para os 56 anos como diretor do Rancho Folclórico «Os Camponeses» de Riachos e tendo merecido, a esse propósito, várias menções honrosas por parte da Câmara Municipal, da Junta de Freguesia de Riachos, bem como de outros organismos.

Foi galardoado em 1996 com a Medalha de Mérito da Cultura atribuída pela Câmara Municipal de Torres Novas pela sua atividade em prol da cultura popular e tradicional de Riachos e pelo seu contributo para a valorização da coletividade que criou e dinamizou.

A 27 de agosto de 2017 foi descerrada uma placa toponímica na qual está inscrito o seu nome, que passou também a ser nome de rua, junto ao Centro de Saúde daquela vila.

Seguindo as passadas do seu pai, começou muito cedo a trabalhar no campo, tendo sido cingeleiro e também boieiro. Foi funcionário da Câmara Municipal de Torres Novas, nos Serviços de Água e Saneamento, durante mais de 36 anos (entre 2 de novembro de 1964 e 5 de fevereiro de 2001).

Teve também ligações à Festa da Bênção do Gado e possui várias obras publicadas, sempre com referências a Riachos e às suas gentes.

METEOROLOGIA

ESTÁ A OUVIR
91.4 FM
COM IRIS FM

Atualização Diária COVID-19