IRIS FM
91.4 FM
Mundo

Discurso do presidente do CMG para o ano novo de 2021

No dia 1º de janeiro de 2021, o presidente do Grupo de Mídia da China (CMG, na sigla em inglês), Shen Haixiong, profere um discurso de ano novo para audiências no exterior através da Rádio Internacional da China e da internet.

Caros amigos:

O aguardado ano de 2021 chegou. Este ano novo é também o ano do boi no calendário lunar chinês. O boi é o primeiro animal domesticado pela humanidade e desempenhou importantíssimo papel na civilização agrícola. Na cultura chinesa, o boi é um símbolo de trabalho e força. Envio aqui de Beijing meus melhores votos de ano novo para vocês e desejo-lhes que sejam tão saudáveis como boi.

2020 foi um ano muito especial que trouxe inúmeras dificuldades para o mundo, especialmente a pneumonia causada pelo novo coronavírus. Sob a liderança do presidente Xi Jinping e com esforços do país inteiro, a China alcançou um importante sucesso na luta contra a pandemia e também é o único grande bloco econômico do mundo a alcançar um crescimento positivo.

Atualmente, a pandemia continua se alastrando em muitos países do mundo. Sentimo-nos muito por isso e desejamos que esse mal seja superado o mais rápido possível e todos tenham saúde e segurança.

Como profissionais da mídia, o nosso dever é relatar fatos e transmitir verdades. Bem no início da epidemia, mais de dois mil colegas meus foram para a linha de frente. As reportagens feitas nas enfermarias e o documentário multilíngue “Together Against COVID-19” revelaram ao mundo a situação real da luta contra o Covid-19 na China de maneira oportuna e objetiva.

Iniciamos o programa especial “COVID-19 Frontline” com a participação de profissionais de saúde de muitos países, em que compartilhamos as práticas anti-epidêmicas dos especialistas médicos chineses que trabalharam na linha de frente. Fizemos entrevistas exclusivas com o Dr. Richard Horton, editor-chefe do prestigioso periódico “The Lancet”, e com o Dr. Peter Forster, da Universidade de Cambridge, primeiro autor do relatório sobre variantes do novo coronavírus, para esclarecer rumores com fatos e ciência.

No entanto, no ano de 2020, o sentimento de bondade permaneceu. Mais de 900 anos atrás, o filósofo da Dinastia Song do Norte, Zhang Zai, disse que a pobreza, a humildade, a preocupação e a tristeza nos ajudam a conquistar sucessos maiores. Isso é uma verdade tanto para uma pessoa como para um país. Perante desafios, sentimos mais calor e simpatia pelo outro, e entendemos melhor que estamos em uma mesma comunidade de interesses comuns. Por isso, só podemos vencer a pandemia e outros desafios comuns através da união e do trabalho conjunto.

A pandemia nos afastou fisicamente, mas os nossos corações se tornaram mais próximos. No último ano, troquei cerca de 300 cartas com colegas da ВГТРК, Rossiyskaya Gazeta, BBC, CNN, AP, Reuters, Agence France-Presse, NHK, RAI, União Europeia de Radiodifusão, assim como com embaixadores estrangeiros na China , para enviar saudações, assumir responsabilidades e aprofundar consensos. O CMG cooperou com mais de cem veículos de imprensa da Europa e da América Latina para promover cooperações e lutas conjuntas de maneira online. Muitos documentários coproduzidos, como “Speaking Up about China – Generation 2021” e “China’s Greatest Treasures”, ofereceram forças de cunho cultural para as pessoas que sofriam com a pandemia.

A pobreza é outra doença persistente da sociedade humana. O presidente Xi Jinping indicou que eliminar a pobreza é o sonho da humanidade desde a antiguidade e também o direito básico dos povos de todos os países na busca de uma vida feliz. Em 2020, a China erradicou completamente a pobreza absoluta. Nos últimos oito anos, mais de 100 milhões de chineses se livraram da pobreza, sendo um grande milagre na história humana.

Como registrador desta importante história, o CMG publicou ao mundo o documentário multilíngue de cooperação sino-norte-americana, “China’s War On Poverty”, e produziu “Global Action Initiative 2020: Poverty Alleviation”, entre outros programas especiais, a fim de fornecer algumas referências para países e pessoas que ainda lutam para se livrar da pobreza por meio do documentário sobre a redução de pobreza de aldeias e famílias na China.

Enquanto cumprimos nossas responsabilidades como mídia, continuamos realizando o nosso objetivo de se tornar um novo veículo principal de imprensa internacional de primeira classe, com a promoção da construção de todas as mídias sob o ambiente da internet. Transmitimos ao vivo a coleta de amostras na Lua pela sonda chinesa Chang’e 5, o mergulho ao fundo do mar do submersível chinês Fendouzhe, além de outras importantes atividades de pesquisa científica com as novas tecnologias 5G, alta definição e inteligência artificial. Durante a terceira Exposição Internacional de Importação da China, fizemos vários programas de vendas transmitidos ao vivo na internet, abrindo o mercado chinês para muitos produtos europeus.

Sempre acreditei que a verdade é a vida da mídia. As informações confiáveis e autoritárias representam a responsabilidade e a qualidade de um veículo de comunicações. Ao reportar sobre a China, algumas imprensas utilizaram o preconceito em vez da justiça e rumores em vez de fatos, especialmente nas reportagens sobre a pandemia, Hong Kong e Xinjiang. Refutamos a tempo os boatos e revelamos os fatos. Os pontos de vista podem ser variados, mas a verdade é única. No ano novo, todos os profissionais da mídia têm a responsabilidade de reduzir cada vez mais as mentiras na opinião pública internacional.

Uma sentença famosa da Europa diz: “Os justos têm mais amigos.” No ano novo, o CMG continuará desempenhando seus deveres como um dos principais veículos de imprensa internacional, persistindo na posição objetiva e imparcial e divulgando ao mundo a verdade, a voz da justiça e a beleza da civilização.

Em 2021, o Partido Comunista da China (PCCh) comemorará seu 100º aniversário. De 13 fundadores a mais de 90 milhões de militantes, quais são os segredos do grande sucesso do PCCh alcançado no desenvolvimento pacífico da China e porque 1,4 bilhão de pessoas apoiam tanto o PCCh? Esta será uma prioridade das nossas reportagens no ano novo. Vamos reportar objetivamente a China e o mundo e produzir mais programas espetaculares com nosso profissionalismo.

O sol do ano novo está brilhando. Esperamos que o ano chinês do boi lhe traga boa sorte. Feliz ano novo a todos!

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Erasto Santos Cruz