IRIS FM
91.4 FM
País

Médicos de família dizem que desigualdades no acesso à saúde aumentaram

Um estudo internacional, coordenado em Portugal pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto concluiu, tendo por base o testemunho de 1.500 médicos de família, que a pandemia “agudizou” as desigualdades no acesso aos cuidados de saúde.

Em comunicado, a FMUP avança que o estudo, intitulado ‘inSIGHT‘ e liderado pelo Institute of Global Health Innovation (Reino Unido), visava “avaliar as perspetivas” dos médicos de família sobre a utilização das tecnologias digitais nos cuidados de saúde primários imposta pela pandemia da covid-19.