IRIS FM
91.4 FM
Regional

“Não presto vassalagem nem ao comandante dos bombeiros nem ao presidente da concelhia do PS”

Está a decorrer on-line uma petição pública a pedir a demissão dos vereadores do Partido Socialista (PS) no município de Benavente, Pedro Pereira e Florbela Parracho. A petição em causa repudia as afirmações feitas pelos autarcas nas reuniões de Câmara de 22 de Junho, 7 e 13 de Julho, sobre os Bombeiros de Samora Correia e o Comandante Miguel Cardia. Recorde-se que a Associação humanitária dos Bombeiros voluntários de Samora Correia também exigiu aos vereadores um pedido de desculpa, assim como o secretariado da concelhia do PS, que se demarcou das mesmas declarações.  À IRISFM Carlos Pernes, presidente da mesa da Assembleia-Geral dos Bombeiros e também eleito pelo PS, sublinhou o “desconforto” na tomada de posição.  Certo é que as posições tornadas públicas deixam a nu a fragilidade interna que existe no seio do PS do concelho de Benavente, a pouco mais de um ano da data das próximas eleições autárquicas.

Em entrevista à IRISFM o vereador Pedro Pereira considera lamentável que Miguel Cardia mobilize pessoas e se ache intocável. O autarca refere ainda que “não presta vassalagem nem ao comandante dos bombeiros nem ao presidente da concelhia socialista”.

Também a vereadora Florbela Parracho garante ter sido apanhada de surpresa e considera que os assuntos devem ser tratados dentro do partido e não publicamente.

 

Um assunto para conferir na íntegra na edição de AROMAS desta terça-feira, após as 18h.