IRIS FM
91.4 FM
Regional

Bombeiros de Samora Correia repudiam declarações dos vereadores do PS

A IRISFM publica na íntegra a “declaração pública de repúdio” que deverá ser lida segunda-feira, em reunião de Câmara.

 

Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Benavente,

Sr. Carlos Coutinho

Vêm por esta forma os Presidentes dos Órgãos Sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia, dar-lhe conhecimento da publicação de uma Declaração Pública de Repúdio dos Órgãos Sociais desta AHBV na página oficial de Facebook dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia, no dia 18.07.2020, como resposta às intervenções dos Srs. Vereadores Florbela Parracho e Pedro Pereira nas reuniões de câmara.

Gostaríamos que a declaração fosse lida na próxima reunião pública de Câmara por favor, para que todos possam dela tomar boa nota e  conhecimento.

ECLARAÇÃO PÚBLICA DE REPÚDIO

*Afirmações dos Vereadores PEDRO PEREIRA e FLORBELA PARRACHO nas reuniões da Câmara de Benavente*

Os Órgãos Sociais desta AHBV, tendo tomado recentemente conhecimento das intervenções dos Vereadores acima referidos, nas reuniões da Câmara Municipal de Benavente dos dias 22 de Junho e 06 de Julho, que se anexam,

1 – Consideram, na DEFESA DO BOM NOME DESTA INSTITUIÇÃO que é mantido pela conduta das Mulheres e Homens que a servem, especialmente com o uniforme de Bombeiros e DE TODOS OS QUE NELA CUMPREM FUNÇÕES:

a) Afirmar TOTAL SOLIDARIEDADE e CONCORDÂNCIA com as publicações do Cmdt. Miguel Cardia nesta página;

(Página do Facebook da AHBVSC)

 

  1. b) Afirmar que, ao contrário do que referiu o Vereador PEDRO PEREIRA, NUNCA o Cmdt. Miguel Cardia utilizou a página oficial desta Associação para “fazer desabafos políticos” e, sendo o PEDRO PEREIRA 2º Secretário da Mesa da Assembleia Geral desta AHBV, muito estranhamos que, tendo constatado esse facto em momentos anteriores, NUNCA o tenha participado ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral, NEGLIGENCIANDO os seus deveres como Associado.

 

  1. c) Referir que todas as pessoas de boa fé que leiam o que o Cmdt. Miguel Cardia escreveu, não terão a mínima dúvida em ver que nunca falou em si, mas sim como responsável máximo de 70 Mulheres e Homens Bombeiros que, numa situação de extrema complexidade e dificuldade de gerir, se sentiram desprezados pelos titulares de cargos públicos visados que, perante a grande provação a que estiveram sujeitos, junto com as respectivas famílias, MERECIAM DESSAS PESSOAS PELO MENOS UMA PALAVRA DE APOIO, enquanto prestadores de um serviço público insubstituível à Comunidade.

 

  1. d) Lamentar que, se fossem os nossos Bombeiros figuras mediáticas, esses titulares de cargos públicos, Vereadores PEDRO PEREIRA e FLORBELA PARRACHO incluídos, não perderiam a oportunidade de promover a sua imagem pública; mas, infelizmente, o desprezo que deram aos nossos Bombeiros é transversal a todo o país – alguns  políticos só estão ao lado dos Bombeiros quando as coisas correm bem ou, infelizmente, quando algum Bombeiro morre, como há dias aconteceu com um Bombeiro de Miranda do Corvo.

 

  1. f) Reforçar que NUNCA o Cmdt. Miguel Cardia exigiu que falassem com ele, só lamentou que os visados não tinham tido (como era seu DEVER INSTITUCIONAL) uma única palavra para saber como estavam e se precisavam de alguma coisa; só quem é burro não percebe que as afirmações dos Vereadores PEDRO PEREIRA e FLORBELA PARRACHO, visando o Cmdt. Miguel Cardia num ataque inqualificável, são só UMA DESESPERADA TENTATIVA de desviarem as atenções da população para a GRAVE OMISSÃO dos seus deveres, enquanto eleitos. E essa GRAVE OMISSÃO para com os Bombeiros desrespeita também a população que representam.

 

  1. g) Clarificar que, não querendo falar com o Cmdt. Miguel Cardia, SE Quisessem, falavam com a Diecção, os outros  elemento do Comando ou demais Órgãos Sociais, o que NUNCA fizeram, o que confirma a ridícula tentativa de utilizarem o Cmdt. Miguel Cardia como alvo do seu ódio despudorado, para desviarem atenções da GRAVE OMISSÃO aos seus deveres básicos, aos quais FALTARAM SEM PERDÃO.

 

  1. h) Afirmar que, não é só quando convém para promoção pública que se batem palmas e chamam os Bombeiros de Heróis, é nas circunstâncias difíceis que se vê quem realmente, exercendo cargos públicos autárquicos, demonstra a forma como os exerce – ou A SÉRIO servindo as populações, não arredando pé perante as dificuldades, a dureza e a amargura das Mulheres e Homens que fazem da sua vida a protecção e socorro à Comunidade – ou  A FAZER DE CONTA que cumprem os seus deveres, e só aparecem quando lhes interessa, em festas, eventos mediatizados e de penacho…

 

  1. i) Solicitar aos Vereadores PEDRO PEREIRA e FLORBELA PARRACHO que MOSTREM JÁ AS PROVAS que o Cmdt. Miguel Cardia infringiu os deveres a que está obrigado, e seguirão para decisão disciplinar do Sr. Director Nacional de Bombeiros da Autoridade Nacional de Bombeiros e Protecção Civil;

SE NÃO O FIZEREM até 3ª Feira ao final da tarde, enviaremos as cópias das actas ao Ministério Público para apurar se essas afirmações são crimes de DIFAMAÇÃO e CALÚNIA contra titular de cargo de serviço público.

 

  1. j) Considerar a intervenção da Vereadora FLORBELA PARRACHO sobre o confinamento dos Bombeiros na Companhia das Lezírias, uma total ignorância das suas competências legais como Vereadora (é dona da Companhia das Lezírias? Enquanto Vereadora deveria ter dado autorização prévia? Quer usurpar as competências legais da Delegada de Saúde?) e um vergonhoso desconhecimento sobre o funcionamento de uma operação de emergência de Protecção Civil, baseado num Plano Municipal de Emergência que A PRÓPRIA aprovou em reunião de Câmara. Não o leu e aprovou de cruz???

 

  1. k) Repudiar veementemente essa intervenção, na qual a Vereadora FLORBELA PARRACHO despreza inqualificávelmente os Bombeiros, ao tratá-los como simples cidadãos, e demonstra que só conhece o nosso Corpo de Bombeiros nas cerimónias de Aniversários desta AHBV, quando lhe interessou promoção pública…

Para que saiba, o nosso Corpo de Bombeiros trabalha disciplinado, segundo o princípio da unidade de Comando e tem uma cultura institucional baseada em algo que a Vereadora não sabe o que é, nem nunca conseguirá aprender – “Camaradagem” e “Espírito de Corpo” – os Nossos Bombeiros NUNCA se abandonam uns aos outros! Estiveram juntos, coesos, fortes, motivados e assim estão prestes a cumprir com distinção mais esta missão.

 

  1. l) Explicar a ambos que, se ao Cmdt. compete exigir dos Bombeiros máxima disciplina, aprumo e proficiência na protecção e socorro à população, também lhe compete, como fez E MUITO BEM, COM O NOSSO TOTAL APOIO, defendê-los e manifestar-se desagradado publicamente sobre as omissões dos titulares de cargos públicos que visou, nesta altura difícil, durante a qual ESTAVAM ÉTICAMENTE OBRIGADOS a dar uma simples palavra de apoio e conforto, como outros milhares de cidadãos anónimos por esses país fora fizeram.

 

2 – Sendo Vereadores representantes do Partido Socialista na Câmara Municipal, e tendo dito que o seu partido subscrevia as suas afirmações (o que é MENTIRA, como já directamente e publicamente o PARTIDO SOCIALISTA – Concelhia de Benavente – VEIO AFIRMAR, MANIFESTANDO-SE TOTALMENTE SOLIDÁRIO com o CMDT. MIGUEL CARDIA e com os BOMBEIROS) apelamos aos Vereadores que, individualmente se retratem publicamente, na próxima reunião de Câmara, das inqualificáveis ofensas feitas ao Cmdt. Miguel Cardia e aos Bombeiros.

Não o fazendo e enquanto forem Vereadores são consideradas “Personas Non Gratas” neste Quartel, por estes Órgãos Sociais e pelo Corpo de Bombeiros.

 

3 – Apresentando-se e afirmando-se representantes do Partido Socialista na Câmara Municipal de Benavente, como consta em ambas as actas, mas tendo o PARTIDO SOCIALISTA já directa e publicamente MANIFESTADO TOTAL SOLIDARIEDADE ao CMDT. MIGUEL CARDIA e aos BOMBEIROS, resta concluir que ambos os Vereadores proferiram todas aquelas afirmações em representação deles próprios, fazendo lembrar D. Quixote a lutar contra os moinhos de vento…

4 – Exemplo do respeito pela Liberdade de Expressão que o Vereador PEDRO PEREIRA tanto APREGOA e TEM EXIGIDO é a resposta pedagógica e de sensibilização que a Presidente do nosso Conselho Fiscal, Dra. Núria Ramalho Silvestre, deu à publicação do Vereador na sua página pessoal sobre este assunto, E QUE O PRÓPRIO APAGOU… por respeito ao SEU conceito de Liberdade de Expressão. Publica-se em anexo.

5 – Concluímos, clarificando que todas as referências aqui feitas ao Cmdt. Miguel Cardia, se restringem à sua qualidade de Comandante do Corpo de Bombeiros.

Esta AHBV não se pronuncia sobre as outras referências do Vereador PEDRO PEREIRA à sua condição de Coordenador da Protecção Civil ou cidadão.

 

Os Órgãos Sociais da AHBV Samora Correia