IRIS FM
91.4 FM
País

Maternidade regressa à Unidade Hospitalar de Abrantes

Os Serviços de Ginecologia, de Obstetrícia e a Unidade de Cuidados Neonatais do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) regressam à Unidade Hospitalar de Abrantes, a partir das 9h do dia 23 de julho.

A transferência da Maternidade para a Unidade Hospitalar de Abrantes vai decorrer dias dias 20, 21 e 22 de julho. “Durante este período será suspensa a atividade do Serviço de Urgência Obstétrica no CHMT devendo as utentes dirigirem-se ao Hospital de Santarém ou ao Centro Hospitalar de Leiria ou, ainda, à Unidade Local de Saúde de Castelo Branco”, refere a nota de imprensa.

Durante o período em que a Maternidade esteve na Unidade Hospitalar de Torres Novas foram executadas obras de requalificação na Unidade Hospitalar de Abrantes que permitem que os Serviços de Ginecologia, de Obstetrícia e a Unidade de Cuidados Neonatais, ao regressar a esta Unidade hospitalar, ocupe a totalidade do 5º piso,  “ficando desta forma protegido e, assim, reforçadas, ainda mais, as condições de segurança para utentes e profissionais de saúde e face a esta nova realidade do Covid-19”.

O Bloco Cirúrgico para parturientes confirmadamente “não covid19” é, também, no piso 5. Ou seja, no caso de ser necessária a realização de cesariana, esta acontecerá também no piso 5, cujo Bloco Operatório foi, igualmente, alvo de obras de requalificação.

O regresso dos Serviços de Ginecologia, de Obstetrícia e Unidade de Cuidados Neonatais à Unidade Hospitalar de Abrantes vai libertar o Bloco Operatório da Unidade Hospitalar de Torres Novas, que verá a sua atividade cirúrgica retomada e aumentada em várias especialidades cirúrgicas