Regional

Danos provocados pela rotura de conduta vão ser assumidos pela EPAL

A rotura do adutor da EPAL (adutor de Vila Franca de Xira-Telheiras) em Vila Franca de Xira, na zona da Quinta da Grinja, causou uma inundação súbita e danos materiais avultados nas vias de circulação rodoviária, passeios, em algumas habitações particulares e empresas, e também em viaturas. Através do Serviço Municipal de Proteção Civil, os meios de socorro foram prontamente acionados e direcionados para o local, tendo a EPAL procedido ao encerramento do referido adutor. Não houve danos pessoais a lamentar, tendo sido necessário o realojamento de uma família, o qual foi assegurado pela Câmara.

Segundo nota do município “o levantamento dos prejuízos verificados já está a ser efetuado e irá prosseguir nos próximos dias, sendo os mesmos comunicados à EPAL, para que sejam acionados os respetivos seguros de responsabilidade civil e, quer a Câmara Municipal, quer os munícipes afetados, venham a ser ressarcidos dos danos causados”.

A Câmara garante  que o sistema de abastecimento de água não ficou comprometido, pelo que está garantido o fornecimento de água aos moradores da zona afetada, “salvo algumas situações pontuais que se verifiquem necessárias no âmbito das ações de estabilização que estão em curso”.

 

 

 

 

 

Partihar

NO AR
91.4 FM
COM IRIS FM