IRIS FM
91.4 FM
Sociedade

Covid-19 – Pico terá sido entre os dias 23 e 25 de março

A conferência conta este sábado com a ministra da Saúde, Marta Temido, e a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas. O máximo de incidência de Covid-19 terá sido “entre 23 e 25 de março” e a taxa média de contágio baixou para 0,91.

Segundo a ministra da saude hoje registam-se 19.685  infeções confirmadas.

No boletim a DGS informa de uma subida para 687 do numero de mortos em Portugal, num aumento de em relação ao dia de ontem de 30 vitimas mortais

Segundo Marta Temido, “é importante perceber que erradicar a Covid-19 não parece possível no curto e médio prazo. Com o esforço de todos está a ser possível trazer o número de novos casos para níveis a que o sistema de saúde tem conseguido responder, mas os riscos de recrudescimento da doença mantém-se . “Até ao final de abril continuam a esperar-nos dias muito exigentes e as regras mantêm-se”, asseverou.

A Directora geral de saude Graça freitas revelou que a maioria das mortes por Covid-19 acontece em hospitais, ocorrendo as outras em lares ou no domicilio e que em termos de mortalidade não está a ser contada a causa basica da morte, mas o evento terminal. Portanto, o número de mortes corresponde ao número de infetados à data da morte”, explicou, acrescentando que “o óbito mais novo ocorreu numa pessoa com 40 anos e o óbito mais velho numa pessoa com 103 anos”. Quanto à média de idades dos mortos por Covid, “no país inteiro” é de 81,4 anos, sendo “superior na região Centro, onde é de 83,5 anos”, afirmou.