IRIS FM
91.4 FM
País

“Até que haja uma vacina não podemos ficar descansados”

A ministra da Saúde e a diretora-geral da Saúde realizaram, este domingo, uma conferência de imprensa, onde foi feito o ponto de situação da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal.

Graça Freitas, na mesma linha que a ministra da Saúde, reforçou que o pico da pandemia em Portugal se mantém no final do mês de maio e relembrou que se vai estender em mais do que um dia.

Numa mensagem clara aos portugueses, disse que têm de se consciencializar que a pandemia de Covid-19 só vai passar quando surgir uma vacina.

Há duas coisas que nós portugueses temos de interiorizar. Isto não é uma coisa que um quinzena, isto não é uma coisa de dois ou três meses. Até haver uma vacina, esta situação vai durar meses. E nós todos, cidadãos e Ministério da Saúde, vamos ter de baixar o trabalho e a pressão do vírus”.

A diretora-geral da Saúde referiu ainda que o novo coronavírus é “extremamente inteligente e agressivo” tanto na sua transmissão como na sua evolução.