IRIS FM
91.4 FM
País

Enfermeira agredida nas urgências do Hospital de Santa Maria, em Lisboa

Depois dos últimos dias marcados pelas agressões a médicos, a Ordem dos Enfermeiros (OE) avança que foi agredida uma enfermeira nas urgências do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, na madrugada desta quarta-feira.

Em comunicado  a Ordem repudia o episódio de violência e acrescenta que a profissional esteve impedida de exercer a atividade habitual devido às lesões.

A Ordem liderada por Ana Rita Cavaco apela a medidas “que vão muito além da criação de um gabinete de segurança, designadamente ao nível da prevenção, em primeiro lugar, repressão e punição”.

De acordo com o relato que chegou à OE, o polícia de serviço naquele local estava, na altura da agressão, a tomar conta de uma outra ocorrência, pelo que a enfermeira foi socorrida por um outro elemento das forças de segurança que se encontrava a acompanhar um doente de saúde mental.

À enfermeira agredida, a OE refere que está a prestar toda a sua solidariedade, disponibilidade e apoio para que a situação não fique impune