IRIS FM
91.4 FM
Sociedade

Bastonário da Ordem dos Dentistas reconhece melhora no acesso à saúde oral, mas diz que ainda há por fazer

O bastonário da Ordem dos Dentistas reconhece que melhorou o acesso da população aos cuidados de saúde oral, mas diz que ainda há um caminho a fazer, concretizando o alargamento dos cheques-dentista às crianças a partir dos dois anos. Orlando Monteiro da Silva considera de importância fundamental avançar com a medida anunciada de alargar o programa dos cheques-dentista, frisando que se verificou que “são muitas as crianças, por via das famílias, que têm dificuldade no acesso a cuidados de saúde oral e medicina dentária”.

Segundo o Barómetro da Saúde Oral 2019, hoje divulgado, 67,7% dos menores de seis anos nunca visitam o médico dentista, uma situação que o bastonário espera que “mude radicalmente” com o alargamento do programa.