IRIS FM
91.4 FM
Destaques Regional

Salvaterra de Magos integra o programa “Ser Pro”

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos e a Escola Profissional de Salvaterra de Magos (EPSM) estão entre as primeiras entidades do país a integrar um programa pioneiro e inovador em Portugal, promovido pela Fundação Teresa e Alexandre Soares dos Santos.
Trata-se do “Ser Pro”, um Programa lançado no âmbito do projecto Iniciativa Educação, que tem como objectivos contribuir para o incremento do ensino profissional, aproximando escolas e empresas, ajudando a construir cursos profissionais adequados ao mercado de trabalho de cada região, alargando o leque de opções disponíveis para os alunos do ensino secundário e contribuindo assim para combater o abandono escolar.  Para tal, o Programa “Ser Pro” aposta na criação de parcerias estruturadas entre escolas, autarquias e empresas.
A EPSM foi uma das oito escolas do país convidada a integrar este projecto e, no âmbito da sua autonomia, terá o papel de delinear o plano curricular, em articulação com as empresas, permitindo uma certificação de nível 4, e apoiar os alunos, caso estes queiram prosseguir os seus estudos no ensino superior.
Às empresas caberá articularem com as escolas a formação técnica e disponibilizarem-se a aceitar alunos em formação em contexto de trabalho.
O Município, através do Sector da Educação e do Gabinete de Apoio ao Empreendedorismo, terá a função de prestar apoio institucional para a estabilização desta relação entre a escola e as empresas e ajudar na identificação das áreas de maior relevância.
O programa “Ser Pro” pretende assim agregar o interesse das várias entidades parceiras na melhoria do ensino profissional em Portugal e oferecer um percurso educativo que se aproxime dos objectivos dos alunos e das necessidades do tecido empresarial regional, permitindo a sua formação e entrada na vida activa com qualificações adequadas ou a prossecução dos estudos com maior confiança.
A Iniciativa Educação é dirigida pelo Professor Nuno Crato, por Inês Soares dos Santos Cana e por Sara Miranda. A apresentação pública teve lugar no da 22 de Outubro na Nova School of Business and Economics, em Carcavelos, onde foi anunciado que o investimento inicial por parte da Fundação Teresa e Alexandre Soares dos Santos é de 20 milhões de euros.