IRIS FM
91.4 FM
Mundo

STAR market abre nova jornada de mercado de capital chinês

Às 09h30 desta segunda-feira (22), com o primeiro grupo de 25 ações de tecnologia a serem negociadas na Bolsa de Valores de Shanghai, o STAR market, uma espécie de NASDAQ, entrou oficialmente em operação.

A inciativa foi lançada pelo presidente chinês, Xi Jinping, em novembro do ano passado quando compareceu à primeira edição da Feira Internacional de Importações. O STAR market, que se concretizou em menos de um ano, é considerado um programa piloto na reforma do mercado de capital chinês. Entre os mecanismos de inovação, está a atenuação do limite diário de aumento ou de queda de preço. Por exemplo, cinco dias antes da operação de uma ação no STAR market, não será estabelecido o limite para o preço. E quando a ação começar a ser negociada, o aumento e a queda do preço pode chegar a 20%, diferente dos 10% do principal mercado de ações da China.

De acordo com experiências no exterior, os preços de ações de tecnologia podem sofrer uma grande flutuação no início da operação. Na NASDAQ, por exemplo, o aumento diário do preço de uma ação registrou até 316,5% 20 dias antes da operação oficial, e a queda foi de no máximo 52%. As ações de tecnologia do STAR market, depois de saltarem para alta, tiveram um recuo, mas parte das ações continuaram se mantendo em alta.

Sendo um recém-nascido, o STAR market ainda não formou um faturamento estável. Para definir o valor de uma empresa de tecnologia, tem de se considerar vários fatores, como o volume e o crescimento de faturamento, o investimento na pesquisa e o potencial. O primeiro grupo das empresas abrange as áreas de medicamentos biológicos, semicondutores e a nova energia.

Tradução: Laura

Revisão: Gabriela