Liderança sólida e apoio popular compõem relações sino-russas

Durante o período da concretização do recém-encerrado 4º Fórum Econômico Oriental, o presidente da China, Xi Jinping, se encontrou com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. Os dois se encontraram pela terceira vez em um período de quatro meses.

O intercâmbio frequente entre os líderes torna evidente a evolução das relações sino-russas. Nos últimos cinco anos, os dois líderes se encontraram mais de 20 vezes, o que demonstra o nível elevado e a particularidade das relações bilaterais. Ao mesmo tempo, revela a posição prioritária das relações dos dois países nas suas respectivas agendas diplomáticas.

A interação também tem ares de um relacionamento familiar, ou entre amigos. Quando o presidente russo visitou a China em junho deste ano, por exemplo, ele pegou um trem de alta velocidade, junto com o presidente chinês, para viajar à cidade Tianjin, partindo de Beijing. No jantar oferecido em Tianjin, Putin experimentou uma seleção de petiscos típicos locais. Ele convidou Xi Jinping a provar as comidas, dizendo: “Lembre-se, isto foi feito por mim”.

Atualmente, o guia estratégico dos líderes da China e da Rússia se tornou um motor potente para o aprofundamento das relações entre os dois países. Nos encontros, os dois líderes compuseram as disposições para o desenvolvimento da parceria de coordenação estratégica sino-russa. A parceria tem um sentido de planejamento da estratégia para o desenvolvimento das relações bilaterais.

Além disso, eles impulsionaram os projetos cruciais na interação bilateral. A amizade pessoal entre os dois líderes representa um modelo positivo para os contatos dos diferentes níveis e das diversas áreas entre a China e a Rússia.

Com o planejamento estratégico, o impulso direto e a demonstração positiva, a parceria de coordenação estratégica abrangente sino-russa entrou em uma era de rápido desenvolvimento.

Além da melhoria óbvia da estrutura na área de comércio, assim como do aumento tanto na qualidade quanto na escala, uma série de grandes projetos estratégicos nas áreas de investimento, energia, transporte, infraestrutura e setor aeroespacial estão sendo incentivados de maneira estável.

A amizade entre as pessoas pode ser a chave para as boas relações entre os países. Os líderes de China e Rússia conhecem profundamente o papel preponderante da vontade dos cidadãos nos intercâmbios entre os Estados. Em julho do ano passado, o presidente chinês, Xi Jinping, junto com seu colega russo, Vladimir Putin, assinaram um comunicado conjunto do aprofundamento da parceria de coordenação estratégica abrangente sino-russa. No comunicado, os dois chefes de estado salientam que o entendimento entre os povos e a interação entre as culturas constituem as bases para a amizade de geração em geração.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*