Sprint empinado deu vitĂłria espanhola em Viana do Castelo

45 ENRRIQUE SANZ (ESP), Euskadi Basque Country – Murias, Photo PODIUM / Paulo Maria

Enrique Sanz (Euskadi-Murias) conquistou a sétima etapa da 80ª Volta a Portugal Santander no alto de Santa Luzia, em Viana do Castelo. Num final sempre selectivo com subida de três quilómetros, onde surgiram na frente os principais candidatos a atacar o líder Raúl Alarcón, foi Sanz quem teve mais potência num final explosivo, frustrando novamente as intenções da Efapel e de Daniel Mestre que foi segundo classificado. Os 17 primeiros da etapa, onde estavam os favoritos, terminaram todos com o tempo do vencedor.

Nos rápidos 165,5 quilómetros entre Montalegre e Viana do Castelo com média horária que passou os 44 quilómetros/hora foram muitas foram as tentativas de fuga, mas todas consecutivamente anuladas, a última já depois de atravessar a cidade a caminho do Santuário. A W52-FC Porto mantém o controlo da Camisola Amarela, enquanto a Efapel está a procurar incessante uma vitória de etapa.

Nas classificações, as camisolas mantém-se nos mesmos ciclistas, mas Joni Brandão começa a ameaçar a Azul Liberty Seguros de Alarcón, estando a apenas um ponto. Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack) veste a Branca RTP da juventude, Vicente García de Mateos a Verde Rubis Gás dos pontos, enquanto o Sporting-Tavira não larga a liderança coletiva.

45 ENRRIQUE SANZ (ESP), Euskadi Basque Country – Murias, 01 RAUL ALARCON (ESP) W52/FC Porto, Photo PODIUM / Paulo Maria

A etapa desta sexta-feira, a oitava, que vai terminar em Braga será curta, 147,6 quilómetros, mas potencialmente complicada. Reserva duas contagens de montanha de terceira categoria, uma de quarta e a última de segunda já perto da meta.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*