Trabalhadores da Sumol+Compal vão manifestar-se no Ministério do Trabalho

Os trabalhadores das fábricas da empresa Sumol+Compal vão manifestar-se no próximo dia 13 de Outubro em frente às instalações do Ministério do Trabalho, em Lisboa.

Em causa está aquilo que o SINTAB, Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias da Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal, considera ser uma ilegalidade praticada pela empresa, uma vez que a Sumol+Compal paga salários base abaixo do valor mínimo nacional aos seus trabalhadores.

Rui Matias, do SINTAB, adianta que esta concentração é uma iniciativa histórica, já que é a primeira vez que os trabalhadores da Sumol+Compal precisam de invocar a greve.

 

O responsável diz ainda que desde há cinco anos que a empresa não responde a qualquer carta reivindicativa e que a administração tem uma atitude prepotente.

 

Concentração dos trabalhadores das fábricas da Sumol+Compal no próximo dia 13 de Outubro, em Lisboa.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*