China adere ao √ćndice Composto Global Bloomberg Barclays

A abertura da China conseguiu mais um √™xito not√°vel no in√≠cio de abril deste ano. Os t√≠tulos do governo chin√™s e os t√≠tulos banc√°rios de pol√≠tica denominados em Renminbi foram inclu√≠dos no √ćndice Composto Global Bloomberg Barclays.

O representante chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI) na China, Alfred Schipke, disse que isso é um importante marco da integração da China no sistema financeiro global. O famoso canal de televisão por assinatura para notícias de negócios, CNBC, reportou que a abertura do mercado financeiro da China conseguiu mais um sucesso histórico.

√ćndice Composto Global Bloomberg Barclays √© um dos tr√™s √≠ndices mais importantes do mundo sobre t√≠tulos de cr√©dito. Atualmente, o valor dos bens administrados pelos capitais que integram este √≠ndice atingiu cinco trilh√Ķes de d√≥lares. Agora a China participa deste √≠ndice, o que significa que o pa√≠s pode atrair mais capitais para seu mercado de t√≠tulos.

Os investidores internacionais t√™m mais confian√ßa no mercado chin√™s, porque, primeiro, a moeda chinesa, Renminbi, est√° cada vez mais internacionalizada. Segundo, a envergadura do mercado de t√≠tulos da China j√° √© muito grande. As estat√≠sticas mostram que at√© o final de fevereiro deste ano, o saldo do mercado de t√≠tulos da China foi de cerca de US$13 bilh√Ķes, sendo o terceiro maior do mundo, atr√°s apenas dos EUA e do Jap√£o.

Além disso, o mercado de títulos da China se torna mais amadurecido e o governo chinês continua lançando novas políticas para impulsionar a abertura.

Tradução: Luís Zhao

Revis√£o: Diego Goulart

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*