LĂ­deres da China e dos EUA evitam escalada da guerra comercial

Após oito meses de guerras comerciais, a China e os Estados Unidos atingiram importantes consensos para acabar com os atritos. No encontro realizado no dia 1º de dezembro em Buenos Aires, o presidente chinês, Xi Jinping, e o presidente norte-americano, Donald Trump, concordaram em não cobrar novas tarifas aos produtos importados um do outro e deixar os grupos de negociações das duas partes discutirem sobre o cancelamento das altas tarifas já cobradas desde março deste ano.

Os lĂ­deres da China e dos EUA tomaram uma decisĂŁo chave, mostrando a vontade de dialogar e interagir.

Na Cúpula da APEC que acabou de ser realizada em Papua Nova Guiné, o presidente chinês, Xi Jinping, afirmou que ninguém ganhará uma guerra quente, guerra fria ou guerra comercial. As influências negativas dos atritos comerciais entre os dois países são notáveis. O FMI já baixou a perspectiva para o crescimento econômico do mundo de 3,9% para 3,7%.

Neste contexto, Xi Jinping e Trump conversaram por telefone em maio e novembro. E no primeiro dia de dezembro, os dois se encontraram pela primeira vez após o início da guerra comercial. No contexto da globalização econômica de hoje, a não escalada ou a interrupção dos confrontos comerciais entre a China e os EUA são boa notícia para o mundo inteiro.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*